notícias

Loading...

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Palavras de origem bantu incorporadas ao português

Meu objetivo neste link, é trazer o maior número possível de palavras que foram incorporadas ao português falado no Brasil, e que muitos acreditam, sejam de origem do kimbundu, ou de linguas que pertençam ao tronco linguistico bantu.
Assim, aguardo também a colaboração de todos que possam nos ajudar com este tema, não só trazendo termos ou palavras, mas também daqueles que queiram acrescentar outras hipóteses para as origens daquilo que formos trazendo a público.
Trago portanto algumas palavras, com a definições encontradas no dicionário de português, e trazendo outras referencias encontradas em outros dicionárias, para que possamos comparar as definições, criando assim o elo, que fez com que muitos afirmassem a origem das mesmas.
Seguirão algumas observações que julgue necessárias.
Os comentários e colaborações que formos recebendo, serão acrescentados a HP, com o nome do respectivo colaborador.
Antecipadamente agradeço a todos aqueles que resolverem colocar-se ao nosso lado neste trabalho de busca.

Observação: Óscar Ribas, com frequencia preocupa-se em trazer o verbo do kimbundu do qual foi derivada a palavra na mesma língua, dando mais importância a este que ao próprio nome. Assim é, que por exemplo traz o verbo kutanda, do qual derivou-se a palavra Kitanda.

Muxoxo = Estalo com a língua e os lábios, que indica desprezo ou desdém.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Muxoxo = Som brando que se produz com a língua aderida aos dentes, para demonstrar agastamento, enfado, desdém.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)
Muxoxo = Chio de boca manifestando desprezo, produzido por compressão do ar na bochechas. Xoxo. bras. Tunco.
Termo kimbundu, de kuxoxa= escarnecer.(Ilundu-Espíritos e Ritos Angolanos-de Óscar Ribas)

Marimbondo = Nome comum a certas vespas.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Marimbondo = Plural de rimbondo(vespa)(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)

Tanga = Espécie de avental com que certos povos primitivos cobrem o corpo desde o ventre até as coxas.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Tanga = Vestimenta. Tudo o que, em jeito de avental duplo, pendendo da cintura para as coxas, vela as nádegas e os órgãos sexuais. Pano que cingindo o ventre, descai em identica velatura. Des. Antigo pano do traje regional feminino, constituido de certo tecido grosso de duas faces, estão denominado pano-da-costa, o qual, juntamente com mais dois iguais aos do vestuário, se usava na época do frio, em função de xale-manto.
Termo kimbundu de kutangama=entroncar.(Ilundu-Espíritos e Ritos Angolanos-de Óscar Ribas)
Tanga = Pano, capa.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)

Quitanda = Pequeno estabelecimento onde se vendem frutas, legumes, cereias, etc..; tabuleiro com gênero e mercadorias de vendedores ambulantes(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Kitanda = Feira, mercado.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)
Quitanda = Mercado, feira. Praça. Posto de venda de generos frescos. Pequena loja ou barraca de negócio. O que em maleta, tabuleiro, quinda (kinda=espécie de cesta regional angolana), se vende pelas ruas.
Termo do kimbundu de kutanda: ir para longe. Alusão a deslocação.(Ilundu-Espíritos e Ritos Angolanos-de Óscar Ribas)

Seguem dois endereços, onde poderão ver e ler algo relativo as quitandeiras em Angola.
http://www.simonandrews.com/stamp-16953.html
http://www.fas-ang.com/amigo/AD0100/terr0100.htm

Fubá = farinha de milho ou arroz.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Fuba = fécula de mandioca.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)
Fuba = Farinha (ordinariamente de milho, massambala, massango, mandioca e batata doce)
Fig.- O que se apresenta pulverizado. Serradura. Bras.: Fubá. Farinha da Guiné(ref. a de milho).
A de milho chama-se de quindele; a de mandioca de bombó, ou também de cabári, conforme a preparação do tubérculo; e a de batata-doce, de candumba
Termo Kimbundu de Kufukuba: estar brando, sem consistencia. Alusão ao seu estado.(Ilundu-Espíritos e Ritos Angolanos-de Óscar Ribas)

Farofa = Farinha de mandioca torrada, com gordura e às vezes, ovos, etc(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Falofa = Mistura de farinha com vinagre, azeite ou água.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)

Jiló = Fruto de sabor amargo, do jiloeiro.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Njilu = Vegetal solaneo.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)

Observação: Não esquecer que o N eo M antes de determinadas consoantes, tem somente a função de anasalar estas consoantes que precedem

Minhoca = nome comum a vermes terrestres.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Nhoka=cobra, víbora.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)
Observação= o nome "minhoca" que muitos acreditam derivar-se do kimbundu nhoka ou nioka, deve-se a semelhança dela com uma pequena cobra

Bobó = comida de origem africana: feijão mulatinho, dendê, com inhame ou aipim. *Bobó de camarão = mingau de aipim refogado com camarão, dendê e leite de coco.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Mbombo = duro, seco, ressequido. Mandioca fermentada, ou posta de molho para dela se fazer fuba.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)
Observação: Não esquecer que o N eo M antes de consoantes, tem somente a função de anasalar estas consoantes que precedem.
Creio que a palavra no Brasil ampliou também o seu significado, servindo para denominar estes pratos típicos.

Canjica = 1-Papa de milho verde ralado, leite, açúcar e canela. 2-Milho branco cozido e temperado com leite de coco; mungunzá.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Kanjika = Papas de milho grosso cozido. Termo do Kikongo.(Dicionário Português-Kimbundu-Kikongo-de Padre Antonio da Silva Maia).
Kanjika = Papas de milho.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)

Bunda = As nádegas e o ânus.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Mbunda = Trazeiro, nádegas. Saracoteio.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)
Observação: Não esquecer que o N eo M antes de consoantes, tem somente a função de anasalar estas consoantes que precedem
OBSERVAÇÃO: É comum vermos muitas vezes as pessoas fazendo referencias ao indivíduo bundo ou bunda, que fala a língua bunda. Porém vi algumas afirmações confusas e irresponsáveis, e a pior foi a que li na internet, dizendo que a palavra bunda introduzida em nosso vocabulário, foi devido a qualificação dada pelos tupiniquins aos individuos da tribo dos quimbundos por terem eles o traseiro avantajado, e associaram a palavra ao nome da tribo. É bom que não se confunda, uma vez que até mesmo torna-se ofensivo. Indíviduo bunda ou bundo, foi a forma empregada pelo estrangeiro para o original Mumbundu(em kimbundu), cujo plural é ambundu, e cuja língua é o kimbundu. Todos estes termos tem um radical em comum(MBUNDU), ao qual são colocados os prefixos em questão. Esse mesmo radical está presente em referencia aos individuos Imbundu(também chamados bundos pelo estrangeiro), assim denominados na língua kimbundu(O Vimbundu em umbundu), cujo singular é kimbundu(O Cimbundu em umbundu, chamados de kimbundu na língua kimbundu, sem confundirmos a língua kimbundu, com o individuo kimbundu assim denominados por eles), que falam o umbundu.

Cochilo = ato de cochilar. *Cochilar = dormir levemente, dormitar.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Kukoxila = cabecear, toscanejar. Escabecear.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)

OBSERVAÇÃO: As palavras africanas que sofreram o "aportuguesamento", são introduzidas no vocabulário segundo as formações gramaticais do português. Assim Kukoxila, verbo cujo radical verbal é Koxila, entra no vocabulário originando o verbo cochilar e cochilo.

Munguzá =canjica.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Mukunzá = milho cozido.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)
Mugunzá 1-Iguaria de origem africana preparada com grãos de milho que se cozem inteiros em caldo açucarado com leite de coco ou, às vezes, de vaca.
Para Jacques Raimundo "é milho branco cozido em leite de coco ou de vaca". 2-Espécie de papa de milho verde, também chamada de curau (SP e MT), corá (MG e RJ) ou papa-de-milho (RJ).
Var:mucunzá e mugunzá. Sin. canjica.(Dicionário da Escravidão de Alaôr Eduardo Scisínio)

Dendê = dendezeiro. O fruto do dendezeiro.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Ndende = Fruto da palmeira.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)
Dendê ou Dendém = Fruto de certas variedades de palmeira.
É dele que se extrai o azeite de palma-o condimento básico da culinária tradicional de grande parte da população angolana. Cozido ou assado, o dendê come-se como petisqueira.
Sua amêndoa, designada por coconote, é igualmente saboreada.
Apotuguesamento do kimbundu Ndende. resultante de kulenda (ser maleável). Alusão a natureza do fruto.(Ilundu-Espíritos e Ritos Angolanos-de Óscar Ribas)

Miçanga = Contas de vidro, variadas e miúdas.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Missanga = Bolinha ou canudinho de vidro, centralmente atravessado por um orifício, ordinariamente servindo de ornato.
Enfiadas numa linha ou cordão, possuem as missangas diversas aplicações, sobretudo para adorno do corpo. Embora esta prática tenha já decaido entre as mulheres mais evoluidas, as mais miúdas ainda são usadas no enfeite dos tornozelos, e rodeando a cintura, diretamente sobre o corpo, para segurar a fralda higiênica. Também figuram nos penteados femininos de numerosas tribos. Mas as maiores, especificamente funcionando de colares, ostentam-se ao peito e nos pulsos
Conquanto também ao peito, o uso de missangas miúdas é consagrado ao culto de algumas entidades espirituais, numa observação de cores e combinações. Na época de seu predomínio, as missangas maiores qualificavam-se com denominações particulares, quase sempre de caráter irônico.
Termo kimbundu, plural de musanga, resultante de ku-di-sanga(unir-se). Alusão ao ajuntamento em fiada.(Ilundu-Espíritos e Ritos Angolanos-de Óscar Ribas)
OBSERVAÇÃO: Misanga seria o plural de Musanga em kimbundu. Aqui também deixei a escrita Missanga encontrada no original em "Ilundu" e não Miçanga como encontrada no dicionário de Português)

Quiabo = Fruto do quiabeiro, Nafé.
É de forma de uma cápsula cônica, verde, peluda, interiormente de consistencia viscosa.
Possui larga aplicação na culinária angolana, especialmente quimbundo. Constitui um alimento, ou, antes, condimento, de propriedades peitorais.
Formação Kimbundu de kuuabesa=tornar bom. Alusão ao sabor culinário.(Ilundu-Espíritos e Ritos Angolanos-de Óscar Ribas)
OBSERVAÇÃO = Quando Óscar Ribas diz "formação do kimbundu", significa que a palavra quiabo embora em kimbundu seja definida como kingombo, esta formação "Quiabo" surgiu como a maneira de qualificarem o mesmo fruto, usando um termo do kimbundu. Em Cordeiro da Matta, também temos kiauaba=bom, sendo kuuaba, o verbo do qual se originou , que tem o significado de "ser belo, lindo, formoso, e que também tem valor de substantivo, significando beleza, bondade, formosura.

Moleque = Menino de pouca idade.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Muleke = Garoto.(Dicionário Português-Kimbundu-Kikongo-de Padre Antonio da Silva Maia).

Mocotó = Pata de bovíneo sem o casco, usada como alimento.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Mukoto = Chispe(pé de porco)(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)
Mukoto = Pata.(Dicionário Português-Kimbundu-Kikongo-de Padre Antonio da Silva Maia).

Mocambo = Habitação miserável.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Mukambu = Cumiêira. Caibros.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)
Mukambu = Pau de cumieira, pau de fibra, pau flechal.(Dicionário Português-Kimbundu-Kikongo-de Padre Antonio da Silva Maia).
Mukambu = Cumieira.(Dicionário Português-Kimbundu-Kikongo-de Padre Antonio da Silva Maia).
Mocambo = Canto, refúgio, esconderijo de escravos fugidos, na floresta; quilombo. 2-conjunto de habitações miseráveis. 3-Choça ou abrigo dos vigilantes das lavouras. (Na definição de Jcques Raimundo. "Choça que os pretos construiam nas matas, para se esconderem quando fugidos.(Dicionário da Escravidão de Alaôr Eduardo Scisínio)

OBSERVAÇÃO= provavelmente o termo inicialmente fazia referencia as habitações que, como palhotas ou tendas, eram sustentadas por um pau central( o pau da cumieira). No tempo da escravidão, provavelmente acabou ampliando o seu significado.

Gingar = Bambolear, saracotear-se.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Kujinga = passear, rodeiar, redemoinhar.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)

Xingar = 1-Dirigir insultos ou palavras afrontosas. 2-dizer insultos ou palavras afrontosas.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Kuxinga = injuriar, descompor.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)

Batuque = Qualquer das danças negras, acompanhadas por instrumentos de percussão.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Batuque = Designação genérica das danças africanas. Divertimento com acompanhamento de tambor ou de qualquer outro objeto funcionando como tal. Rancho carnavalesco, ritmizado por semelhante instrumento. O mesmo que batucada. Por extensão Tambor regional. Brasileiro-Amazonia e Rio Grande do Sul-Centro de religião africana. Modalidade do candomblé baiano ou de macumba carioca, ou do xangô pernambucano.
Fusão deturpada da expressão kimbundu " bu atuka" (=onde salta ou se pinoteia).(Ilundu-Espíritos e Ritos Angolanos-de Óscar Ribas)

Samba = 1-Dança cantada, de origem africana, compasso binário e acompanhamento sincopado. 2-A música desta dança.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Semba = contração de risemba=umbigada.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)
OBSERVAÇÃO: Muitos acreditam que a palavra samba, originou-se do verbo Kusamba (-samba), que tem o significado de celebrar, rezar, orar, abençoar. Porém não acredito que o "nosso" samba tenha originado-se de qualquer dança ligada a celebrações de caráter divino

Curinga = Carta de baralho que, em certos jogos, muda de valor e de colocação na sequencia.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Kuringa = Matar, negar, fingir.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)

Umbanda = Religião originada na assimilção de elementos culturais afro-brasileiros pelo espiritismo.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Umbanda = magia, arte de curar.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)
Umbanda = Ciência de Quimbanda. Medicina. Arte de curar. Tratamento preceituado por quimbanda. Cerimônia ou prática ritual (efetuada por quimbanda). Ritual. Magia. Brasil= Seita (ou mesmo religião) originada do sincretismo do catolicismo, culto africano e de candomblé, ocultismo e espiritismo, fundamentalmente assentado na existencia de Deus e na crença da reencarnação, podendo pela sua plasticidade, incorporar elementos de outras religiões.
Termo multirregional também sendo deturpado de oumbanda.(Ilundu-Espíritos e Ritos Angolanos-de Óscar Ribas)

OBSERVAÇÃO = Em sua gramática, Helli Chatelain classifica os nomes pertencentes a classe IV, os que iniciam-se pelo prefixo "U", sendo que umbanda pertence a esta classe de nomes. O prefixo U diz ele, serve para a formação de nomes abstratos, que significam qualidade característica ou oficio do ente representado pelo nome concreto de que o abstrato deriva. Assim, umbanda seria a arte ou ofício do Kimbanda, nome este que veremos a seguir.

Quimbanda = Curandeiro-adivinho. Necromante. Exorcista. Mago. Por extensão-Médico. Benzedeiro. Todo aquele que busca a anunciação e interpretação dos fatos, através dos mais variados processos.
O quimbanda trata as enfermidades diagnosticadas por adivinhação, debela os azares, restabelece a harmonia conjugal ou provoca a inimizade, concede poderes para o domínio do amor ou para a anulação de demandas. Embora não seja esse o seu verdadeiro mister, também pode causar a morte.
Nas matas ou campos, aonde vai em busca de plantas medicinais, oferenda, antes da colheita, à região e ao solo, isto é, aos seres sobrenaturais que habitam esses lugares, ou uma moeda, ou vinho, ou quitoto-maluvu, dizendo: "Antepassados, tributei-vos, vim desvendar remédios." Se não reverenciar essas entidades, ou não vê o que procura, ainda que abertamente exposto, ou o produto se lhe torna ineficaz.
Termo kimbundu de Kubanda=desvendar(Ilundu-Espíritos e Ritos Angolanos-de Óscar Ribas)
Kimbanda = Curandeiro, charlatão, magico.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)

OBSERVAÇÃO= É evidente que o significado de "charlatão" é devido a uma visão de cunho pessoal.
No Brasil, Quimbanda passou a ser conhecido como sendo o ramo do espiritismo ligado a magia negra.

Dengue = birra ou choradeira de criança.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Ndenge = Pequeno, menor, inferior. Criança.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)

Muxiba = 1-Carne magra para cães. 2-Pelancas.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Muxiba = Artéria, veia, nervo.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)

Catinga = Bodum.(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Katinga = Bodum.(palavra do Kikongo).(Dicionário Português-Kimbundu-Kikongo-de Padre Antonio da Silva Maia).

Maxixe = O fruto do maxixeiro(cucurbitácea de frutos comestíveis)(Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)
Maxixe=plural de rixixi, planta cucurbitácea.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)

Capanga = 1-bolsa pequena que se usa a tiracolo. 2-Pequena bolsa de mão, usada sobretudo por homens. 3-valentão posto ao serviço de quem lhe paga; guarda-costas, cabra, jagunço.
Kapanga = entre o sovaco.(Dicionário de Kimbundu-Portuguez coordenado por J.D.Cordeiro da Matta.)
OBSERVAÇÃO 1 = Teria Kapanga dado origem para a denominação Capanga como bolsa pequena, inicialmente devido a observarem a forma como a mesma era carregada (entre o sovaco)?
OBSERVAÇÃO 2 = O prefixo Ka, não só expressa o diminutivo, como muitas vezes, inicia alguns nomes que fazem referencia a ofício ou ocupação de alguém. Assim é que temos a palavra Kabila(pastor-criador de gado, derivado do verbo -bila=criar). Provavelmente Kapanga é um caso semelhante, em que temos o prefixo KA ligado ao verbo do kimbundu -banga=lutar, brigar (-panga no dialeto omumbuim), e seria portanto Kapanga, aquele que luta, que briga, lutador, brigão. Já se pensarmos no prefixo Ka, determinando a forma diminutiva, poderíamos dizer que Capanga, seria derivado do diminutivo de Pange(irmão).
Fonte: o texto foi retirado integralmente do site: http://www.linguakimbundu.com/palavras2.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário